A Arte do Medo do Fotográfo Joshua Hoffine.

Compartilhe:

Quando eu era criança era muito medrosa, tinha medo de tudo, de monstros do armário, de lobo mau, de chupa – cabra de ET, enfim tinha medo de tudo, e confesso que fiquei bem impressionada com as fotos do fotografo americano especialista em fotografias de terror Joshua Hoffine. Suas fotos são recheadas de criaturas sombrias e criançinhas indefesas o que as tornam ainda mais aterrorizantes.

 

Joshua já foi fotografo de casamento, mas foi com as fotos de terror que ficou conhecido. Com caracterizações e cenários muito realistas suas fotos são capazes de deixar qualquer adulto com certo “medinho”.

Em seu blog pessoas Joshua faz questão de colocar fotos com as preparações das fotos mostrando como é feita a montagens dos cenários e as maquiagens da caracterização, é uma forma de tentar amenizar o resultado final que é tão sombrio. As fotos são realmente perturbadoras, mas não se pode negar que é um trabalho primoroso.

Eu acredito que o horror está envolvido com a imprevisibilidade e iminência da morte, e a implicação de que não há certezas na existência. As experiências do horror residem nessa confrontação com a incerteza. O horror nos diz que nossa fé na segurança é uma ilusão, e que os monstros estão ao nosso redor.

 Joshua Hoffine

Para quem quizer conhecer mais sobre o trabalho do fotografo:Site:http://www.joshuahoffine.com/ e Blog: http://joshuahoffine.wordpress.com/

Fonte: obvious

Posts relacionados:

  1. A mistura Fantástica da Moda de Malgorzata Dudek e a Arte de H.R. Giger
  2. A Arte Vintage de Erté
  3. As 20 melhores Obras de Arte de Louboutin
  4. Dalton Ghetti – Arte Miúda com Talento de Gigante
  5. Arte reproduzida em Fotos
Esta entrada foi publicada em Editorial. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>